Ilha Comprida

/, Destinos/Ilha Comprida

Ilha Comprida

Ilha Comprida                          Existem coisas que são essenciais quando se escolhe um local para passar férias. Dentro da racionalidade que deve existir nas Andanças dos Maduros, Ilha Comprida deveria ser avaliada com muita atenção. Decidiu ir para a praia? Então vamos falar sobre Ilha Comprida.

Ir para Ilha Comprida começa bem porque você nunca terá de enfrentar uma estrada congestionada. Não ouvirá nem funk, nem pagode na praia. É impossível estarem lotados seus 74 km de praias. A faixa de areia é enorme.

Ilha Comprida não foi contaminada pelo “pogressu”. Ruas amplas, arborizadas, com comercio apenas essencial.

A prefeitura está revitalizando a orla num projeto muito bom. Uma ciclovia acompanha um confortável calçadão. No entorno dos pontos de ônibus e demais equipamentos urbanos, foram feitos enormes decks de madeira.

Uma novidade por aqui. Foram construídas diversas passarelas elevadas que ligam o calçadão a faixa de areia. Vi muito disso na Europa. A vegetação natural fica preservada. Facilita a limpeza e dá conforto para quem transita.

Dentro do conceito “administrar bem, é fácil”, comento que fartamente são amarrados sacos de lixo em árvores ao longo da orla. Se o orçamento está curto, não deu pra comprar lixeiras, se negar a tomar alguma providência e não conviver com a sujeira foi a opção tomada. Educação ambiental é hábito. Começar é muito importante.

______________________________________________________________

Nosso trabalho é sobre o verdadeiro Turismo da Terceira Idade. Turismo para Maduros. Turismo para maduros descolados. Um Turismo Racional que considera os interesses, objetivos, condições e disponibilidades dos Maduros. Fugimos dos modismos, dos destinos e atrações previsíveis. Buscamos as coisas curiosas, as coisas típicas, excêntricas. Queremos conhecer a alma, a atmosfera a beleza singular de tudo e de todos.

______________________________________________________________

Estivemos em Ilha Comprida em Dezembro de 2017

www.visiteilhacomprida.com.br

Rota sul

Passa um passeio andando (quero dizer, rodando e rodando muito) pela parte sul da Ilha. Quanto mais você anda nessa direção, por estar se afastando da foz do Rio Ribeira, as águas do mar vão ficando mais azuis, mais claras. Praia do lado esquerdo, vegetação de restinga do lado direito.

Essa vegetação de restinga é sensacional. Será incrível você encontrar uma incrível quantidade de bromélias e orquídeas no chão. Não esqueça, são 74 km de praia.

Ilha Comprida é cortada por um caminho que vai misturando, avenida, estrada asfaltada, estrada de terra e um razoável trecho na areia da praia (única opção). Não tenha medo, o caminho tem um grau mínimo de dificuldade. Mas se sua opção é trafegar por ali na parte da tarde, vale a pena consultar os salva vidas, ou algum morador sobre as condições da maré que em casos mais extremos pode deixar você ilhado ou atolado.

Nossa Duda parece que gosta de se exibir na areia. Não se atrapalha quando encontra areia fofa e não refuga quando temos que atravessar algum canal.

Esse caminho que estou indicando corta a ilha em toda sua extensão pelo lado do oceano. Do outro lado da ilha, lado do canal do Mar Pequeno, não há caminho que cruze a ilha toda.

Esse é o típico passeio que você irá agradecer (e muito) ter lido e aderido ao esquema de nunca se distanciar da sua Mochila de Sobrevivência. Abra a sua, faça uso do seu repelente, ou do seu frasco de vinagre (eu prefiro) e se estresse menos com uns mosquitões que mordem bem doido.

Capela de NS da Conceição

Datada de 1770. Os índios aculturados da região naquele efeito de simbiose religiosa fizeram ao redor dessa capela um cemitério onde seus antepassados eram enterrados numa forma mais católica. O campo santo realmente passou a ser também cemitério dos habitantes brancos da ilha. Vale pelo inusitado.

Pedrinhas

É um bairro, você pode parar apreciar o rio, alugar um barco para um passeio nos arredores. Tem chuveiros e água potável na área de lazer Tem um quiosque ótimo para alguma bebidinha.

Dunas do Araçá

Os habitantes de Ilha Comprida se orgulham de estarem no município as únicas Dunas naturalmente preservadas do estado de São Paulo.

Boqueirão Sul

Nesse extremo está o cais de onde parte a balsa para Cananéia. Você pode ali contratar passeios de barco. Estando a fim, num desses roteiros vá nadar com os golfinhos.

 

Pousada Canto da Ilha.

Tirante o fato de o estabelecimento ficar numa esquina, o nome “canto” não é apropriado. A Pousada está otimamente localizada. Muito próxima ao centro (comercial) do município, as melhores opções de restaurantes, e aquele comercio essencial ficam muito próximas. Você anda um quarteirão e já está na avenida beira mar. E está localizada em rua super tranqüila.

Aposentos amplos, bem ventilados, bem iluminados. A edificação, toda avarandada forma um “ele” votada para um pátio ajardinado. Estacionamento amplo e duas piscinas.

Várias unidades são montadas estilo flat com cozinha equipada.

Ficamos bem instalados, fomos bem atendidos.

Conta-se ainda com o charmosíssimo sorriso de um loiro anjo cuidador chamado  Maria José sempre atenta para que todos estejam muito bem atendidos.

Os maduros fazem um turismo racional. A Pousada Canto da Ilha apresenta uma relação Custo X Benefício excelente. Não deparei com nenhum outro estabelecimento que pudesse sugerir que Não tivéssemos feito uma excelente escolha.

Outra coisa que qualifica muito essa pousada é que ela acaba se constituindo num oásis. Ilha Comprida é essencialmente um balneário. Você vai lá para curtir praia. A pousada foi edificada em “ele”, os corredores que conduzem aos quartos são externos. Tem ótimo ajardinamento.  Eu disse oásis porque lá você se abriga agradavelmente daquela condição de sol encontrada na praia.

A região “dá praia” durante praticamente o ano todo. Você que é maduro, que está liberado das rotinas massacrantes e que sabiamente programa suas viagens para períodos fora das altas temporadas pense em Ilha Comprida com carinho. Reserve uma semaninha na Pousada Canto da Ilha e curta um litoral interessante em todos os sentidos.

* Clique no título e conheça melhor sua melhor opção de hospedagem em Ilha Comprida.

  Pousada Canto da Ilha                                                                                                                                                                Rua Bom Jesus de Iguape 210                                                                                                                                                  (13) 3842-3578                                                                                                                               [email protected]                                                                         http://www.pousadacantodailha.com.br/                                                                                       https://www.facebook.com/pousadacantodailha/

Vamos repetir. É perto de São Paulo, a estrada nunca estará congestionada. O local é bem cuidado. As praias têm frequência suficiente para você não se sentir isolado, pra você conviver, paquerar, sem ter que pedir licença para estender uma toalha na areia.

Os preços são justos, você não se sente explorado. Nada lá é “gourmetizados”

Um trabalho da Trivago mostra Ilha Comprida inserida no ranking das 10 mais baratas praias do Brasil.   http://room5.trivago.com.br/praias-mais-baratas-do-verao-de-2018/

_________________________________________________________________________

Duas dicas de consumo.

Padaria Cajara

Av. Copacabana 252 – Essa rua começa na avenida da praia e centraliza o comercio na região chamada de Balneário Britânica.

Casa ampla, funciona no mais moderno conceito. Oferece um ótimo cardápio. Lanches,  refeições. Buffet noturno de sopas e caldos.

A Beth fica sempre muito satisfeita quando consegue identificar um local onde ele possa tomar seu “café com bolo” no final da tarde.

Essa padaria foi eleita nosso ponto para a cerveja noturna. Claro. Uma cerveja de trigo é presença obrigatória daquele indispensável papo noturno onde avaliamos o que foi visto e vivido durante o dia e planejamos o dia

Casa de Massas

Av. Beira Mar 12210 – Você passará muitas vezes na frente desse local.

A casa funciona como rotisserie e restaurante. Tem cardápio com alguns pratos rápidos em preços incríveis. Mas o grande barato da casa é você comprar massas ou carnes por peso e montar um prato que será finalizado e consumido ali mesmo.

Fomos atendidos por uns garotões super simpáticos, gostamos, voltamos, recomendamos.

Litoral Sul Paulista

Os maduros nunca viajam para um destino. Procuramos compor um roteiro, nesse sentido é mais do que importante posicionar Iguape na sua região. Comece lembrando que numa distância muito pequena você tem três municípios Iguape, Cananéia e Ilha Comprida.

 – Cananéia é a mais antiga cidade do Brasil. Tem centro histórico, tem suas tradições e atrações ambientais formidáveis como o Parque Estadual Ilha do Cardoso. Área protegida acessada por lanchas e que abriga em suas águas colônias de golfinhos.

– Iguape é um município que tem seu centro histórico tombado como Patrimônio Histórico Nacional. Cidade antiga que protagonizou dois importantes ciclos econômicos (Ciclo do Ouro, Ciclo do Arroz), as marcas desses períodos estão nos muitos casarões bastante bem preservados que encontramos pela cidade. Uma cidade onde a Cultura Caiçara além de preservada é presente em muitas situações e locais.

 – Ilha Comprida, município emancipado há pouco tempo. Seus 74 km de extensão parte pertencia a Iguape, parte a Cananéia. Uma boa política pública está estruturando o município como um balneário. Suas praias são ótimas, não são congestionadas nem deterioradas.

Região do Vale do Ribeira

Declarado patrimônio Natural da Humanidade, comporta a maior e melhor preservada porção de Mata Atlântica.

Dependendo de seu ponto de partida, de sua disponibilidade de tempo, essa ida ao litoral pode ser esticada na ida ou na volta. Temos o Parque do Alto Ribeira. A Caverna do Diabo. As cidades de Registro, Tapiraí, Juquiá.

______________________________________________________________

Cataia.

Conhece? Quando vi o nome do estabelecimento imaginei ser um bar dirigido por uma mulher, “Rastro da Cataia”. Poderia ser algum apelido para onças. Mas naquele momento não paramos pra conferir. Mais tarde, fiquei surpreso quando no restaurante notei uma prateleira de tamanho razoável vendendo bebidas produzidas a partir de Cataia.

“O Viajante precisa ter ouvidos bem abertos para ver o melhor do mundo”.                                                      Lembram do conceito?

Pergunta, pergunta, argumenta, o pessoal do restaurante fala um pouco do que sabe. Já temos o suficiente para sair dali e reencontrar O Rastro da Cataia.

Garrafas com cachaça, licores, e pacotes de folhas secas e Seu Miro com um sorrisinho enigmático. Isso é tudo que você encontra, além da prosa, claro.

Cataia é o nome de uma planta que até aonde é contado só incide nessa região dos alagados espremidos entre a Serra do Mar e o Atlântico. Dizem inclusive que as mudas não se aclimatam fora da região. Na verdade é contado que não se consegue fazer uma roça de Cataia a partir de recolher mudas. Seu Miro conta que trouxe da mata mais de 50 mudas e só vingaram menos de 10. Porem, por minúsculas sementes os pés que vingaram estão cercados de vários novos elementos. Fomos visitar a roça existente no quintal da casa de Seu Miro.

Seu Miro explicou que nem é preciso retirar as folhas. A planta naturalmente solta muitas delas com grande frequencia. Já que a sabedoria popular indica que o aproveitamento tanto em culinária, como o uso medicinal deve ser feito somente de folhas secas, e só ir recolhendo o que está disponível no pé da planta.

Cataia acabou sendo também nome da pinga “tratada” com a planta. Quanto você trata a cachaça com Cataia suas propriedades fazem com que a acidez da bebida, quase desapareça. Basta acrescer uma dose de mel e a cachaça, fique levemente doce saborosa e “amansada” (sem acidez). Temos então uma bebida de alta graduação alcoólica e saborosa. Alguns apelidaram a cachaça Cataia de uísque caiçara.

…………………………

Cataia, a bebida, deve ser sua origem em tempos mais remotos, mas Rubens Muniz, um dono de pousada e restaurante na cidade de Barra do Ararapira (PR) se auto-proclamou inventor da Cataia. Segundo ele em 1985 ele misturou Cataia e Cachaça na mesma garrafa. Na prática a atuação desse empresário popularizou e potencializou a Cataia.

_____________________________________________________________

 

Você precisa saber mais sobre essa sagrada unanimidade da boemia brasileira. Esse drinque feito com a nossa venerável Cachaça e o destilado italiano Vermute é criação brasileira e está próximo de ser incluído na carta mundial de coquetéis Conheça suas variadas receitas, seus segredos …… Leia mais  https://coisasdegentegrande.com.br/rabo-de-galo/

 

___________________________________________________________________

   

   

2018-11-27T18:35:57+00:00

Sobre o Autor:

3 Comments

  1. Edna Alkimin 1 de agosto de 2018 at 21:41 - Reply

    Coincidência em 2017 eu tbm estava em Ilha Comprida…
    Minha casa fica perto da Câmara…

  2. Cananéia 20 de agosto de 2018 at 23:38 - Reply

    […] Destinos/Cananéia Anterior […]

  3. Pousada Casa Grande - Iguape SP 21 de dezembro de 2018 at 23:16 - Reply

    […] você está em Ilha Comprida, deve aproveitar e fazer um tour pelo litoral do extremo sul de São […]

Deixe um Comentário