Santa Rita do Passa Quatro

//Santa Rita do Passa Quatro

Santa Rita do Passa Quatro

Santa Rita do Passa Quatro, essa cidadezinha é uma gracinha! A cidade não tem nada de excepcional, só é bonitinha, arrumadinha, cheia de construções interessantes, de detalhes interessantes, é gostosa… Entenderam?

Veja o nome oficial: Estância Climática e Turística de Santa Rita do Passa Quatro. O número de municípios classificados como turísticos é pequeno. O número de cidades que podem ostentar a classificação Estância Climática, menor ainda. Isso já é um predicado.

Fomos para lá num passeio despretensioso. Aquela nossa clássica de conhecer uma cidade a mais. E apostando numa surpresa agradável descobrimos Santa Rita do Passa Quatro. Que também atende pelo nome de Cidade Poema.

É como dissemos, o importante é a atmosfera da cidade. Município pequeno +- 30.000 habitantes, colocado numa altitude de +- 800 m que também é bem conveniente, circundado por uma massa verde que comporta inclusive importantes áreas de preservação permanente.

A Praça central

Além da igreja matriz, vejam que cuidado interessante. As copas das árvores que circundam a praça foram podadas de forma a criarem uma única cobertura. Adorei.

Um céu admirável

Sem nenhum grande centro urbano por perto, cercada de muito verde e com essa altitude, Santa Rita do Passa Quatro oferece, principalmente nas estações mais secas, um céu elogiável onde sobre um quadro muito escuro onde as estrelas parecem se multiplicar e assumem um brilho incrível. Contam os santa-ritenses que muita gente visita o município para se aplicar em astronomia.

Santa Rita do Passa Quatro, de onde veio esse nome?

As terras do centro do município, mais especificamente a igreja e a praça central, foram doadas por uma senhora com o nome Rita e devota de Santa Rita de Cássia.

Passa Quatro foi uma expressão agregada devido ao fato de ser necessário atravessar 4 riachos para acessar a cidade. Esses riachos estão inclusive retratados no brasão da cidade.

Por favor, não deixem de ler (mais a frente na matéria) a versão oferecida pela Igreja Católica para o nome Santa Rita do Passa Quatro.    

A Igreja matriz

É impressionante, é imperdível. Uma construção de porte razoável tem cada centímetro do seu interior decorado com pinturas. Um senso artístico, uma paleta de cores coerente, um tremendo trabalho.

Nessa igreja existe uma prática que deveria ser repetida em todas as outras. Em números aproximados existiam +- 400 santos canonizados. Na gestão de João Paulo II esse número foi duplicado, esse papa acelerou os processos de beatificação e canonização que estavam emperrados no Vaticano. Mesmo para alguém como eu que se informou muito sobre iconografia sacra, não é possível identificar todos os santos que encontro nos altares. Além disso devemos considerar que a iconografia dos santos atravessou séculos em transmissão popular, isso provoca algumas diferenças na apresentação do mesmo santo. Na matriz de Santa Rita, todos as imagens estão acompanhadas de um cartão de identificação onde além do nome consta uma oração destinada ao santo. Senhores do clero, pensem nessa simples, mas eficiente e vital providencia.

Parque Estadual Vassununga

Criado na década de 1970 o Parque Vassununga preserva uma vegetação especialíssima, o encontro da Mata Atlântica com o Cerrado, isso significa uma diversidade impressionante.

Esse parque comporta uma marca mundial. A maior concentração de elementos da espécie Jequitibás-rosa do mundo. Essas exuberantes árvores se destacam no topo da floresta criando um cenário sensacional. Vá conhecer o “Majestoso”, que também atende por “Patriarca”. Esse Jequitibá tem uma altura superior a 40 metros e para abraçá-lo (são mais de 4 metros de diâmetro) são precisos 13 homens. Alguns contam ter essa árvore 3000 anos de idade. Uma segunda corrente sustenta que cientificamente está árvore conta mais de 600 anos. Francamente, seja qual for sua idade exata, é sensacional admirar o ar imponente dessa preciosidade da natureza.

Zequinha de Abreu

O compositor de Tico-Tico no Fubá é um filho ilustre de Santa Rita de Passa Quatro. Zequinha de Abreu é nome de praça, rua e do museu da cidade. O Museu Histórico e Pedagógico Zequinha de Abreu, como indica o próprio nome, não se limita a contar sobre o conhecido músico. O museu é um retrato histórico da cidade e da região. Mostra os hábitos, utensílios dos pioneiros.

O museu está abrigado no prédio principal da antiga estação ferroviária da cidade. No local existem outras construções que também tinham a ver com a ferrovia e também estão agora destinados a atividades culturais.

______________________________________________________________________________

Se você gosta de cidade aconchegantes, que nunca estão congestionadas e que proporcionam agradáveis surpresas, leia (e depois visite claro!), aqui vão três dicas, Guararema, Amparo e Morretes.

_______________________________________________________________________________

Santa Rita, de Cássia, ou do Passa Quatro… ?

Margherita Lotti nasceu na Itália no século XIV. Por vontade dos pais foi casada com um homem de comportamento nada exemplar. Violento no lar e na vida acabou sendo assassinado. Os dois filhos desse casamento prometeram vingar a morte do pai.

Essa mulher afirmava que preferia ver seus filhos mortos do que carregando a culpa de um crime de sangue. Aconteceu que ambos adoeceram e morreram. Viúva e sem família ela insistiu, sem êxito para ser admitida num convento Agostiniano. As superiores dessa ordem negavam sua inclusão por entenderem que Margherita já tendo sido casada não estaria adequada para uma vida contemplativa.

Conta a história que num milagre Margherita acabava recorrentemente se transportando para dentro do convento, isso acabou por forçar sua admissão na ordem e a troca de seu nome para Rita.

É contado também que após sua morte seu corpo passou a exalar um perfume intenso que além de agradável trazia reconforto para as pessoas. Vários milagres foram registrados nessa condição.

Cássia era o nome da cidade onde esse convento estava instalado e, portanto a cidade de sua morte.

Passa Quatro, é uma expressão fundamentada no fato de ter ela passado pelos quatro estados possíveis a uma mulher que foi solteira, casada, viúva e religiosa.

Pelo atribulado matrimonio que superou, Santa Rita é invocada como defensora das opressões matrimoniais e maus tratos sofridos pelas mulheres.

Pela perseverança para ser admitida na ordem religiosa, santa Rita é a patrona das causas difíceis, um de seus título é a santa do impossível.  

2018-12-09T16:39:05+00:00

Sobre o Autor:

Deixe um Comentário