Achados & Achados
4 de setembro de 2019
Presidente Epitácio
16 de setembro de 2019

Tiradentes

Tiradentes

Viajar é sempre um sonho, se entregue

Tiradentes tem mística. Deve haver em Tiradentes algum portal com ligação para um tempo antigo. A primeira vez que estive em Tiradentes foi para passar uma Semana Santa. Cheguei na noite de terça para quarta. Noite calmíssima, silêncio absoluto. Como sempre levantei muito cedo, manhã silenciosa. A pousada ficava muito próxima ao centro histórico, fui a pé andando pelas ruas vazias. Era dia, mas a luz do sol estava ausente. Gostei muita da sensação de estar andando pelo passado. Era exatamente isso. Nunca havia estado naquelas construções coloniais. Cada detalhe era curioso. A ausência de pessoas nas ruas reforçava uma sensação de ter retornado ao passado. Não é sempre que se tem a oportunidade de viver um sonho. Dei força para aquela imaginária impressão, resolvi que estava numa dimensão alterada. Tiradentes, entre todas as cidades coloniais históricas, foi aquela que melhores vibrações sensoriais me provocou.

Sempre detestei aquela afirmação que as cidades históricas mineiras são parecidas entre si. Que não é preciso visitar cada um delas. Bobagem coisa de quem não tem sensibilidade. A arquitetura pode ser a mesma, mas cada uma delas inspira uma sensação diferente. Vivenciei a cultura dos quintais em Sabará, a Cultura de São João Del Rei, a religiosidade intrínseca de Mariana, mas foi em Tiradentes que vivi a história do nosso período colonial.

Tiradentes é Patrimônio Histórico Nacional, é um dos sítios com maior número de construções setecentistas preservadas.

Você que é Maduro que viaja no contra fluxo, aproveite, não deixe de visitar Tiradentes no meio da semana, de estar no centro histórico num horário de baixíssimo movimento. Tomara que você também sinta essa mística de estar vivenciando o passado.

Fiz, gostei, recomendo

Visite a Igreja de Santo Antonio com muita reverência. Você estará visitando o templo que tem a segunda maior quantidade de ouro do Brasil. O Aleijadinho trabalhou na construção desse templo.

A casa do Padre Toledo  Esse foi um dos locais visitados onde a impressão de estar no passado se deu mais forte. Imaginava que a qualquer momento começaria uma reunião dos inconfidentes. Aprecie o imóvel, que aliás é bem grande, tem impressionantes pinturas nos tetos.

Chafariz de São José Fica meio escondido num canto da cidade. O lugar tem uma atmosfera ótima. Uma quantidade enorme de Ora pro nobis, emoldura o local.

Museu de Santana. Funciona na antiga cadeia da cidade. Abriga uma coleção de 292 representações de Santana, mãe de Maria, portanto avó de Jesus. Sou fascinado por arte sacra. É extasiante ver a criatividade expressa em três centenas de peças retratando o mesmo tema. A iconografia básica de Santana a mostra sentada e ensinando a menina Maria, por isso a denominação Santana Mestra. Essa representação acaba dando margem para interpretações incríveis.

Museu da Liturgia Acaba sendo um museu de arte sacra imperdível. Trata-se de uma mostra interativa com recursos multimídia. Até mesmo apreciando os jardins você pode, por áudio receber uma série de ensinamentos. O Museu da Liturgia está situado na Rua Jogo de Bola, o que no mínimo é pitoresco.

– Instituto Mario Mendonça – Já que estamos falando em arte, visite esse recinto de arte contemporânea. Eu disse contemporânea, não modernosa. Francamente não gosto de coisas muito bizarras, muito excêntricas. Essa casa tem uma curadoria ótima e apresenta mostra de autores bem talentosos.

– O largo das Forras – É uma espécie de praça principal da cidade. Amplo, bem arborizado, tranquilo. Abriga muitos bares, restaurantes e lojinhas. Numa de suas laterais temos um ponto de charretes de aluguel para passeios turísticos. Coisinha bem interessante para se fazer. Muito mais interessante é o condicionamento dos cavalos. Quando a primeira charrete da fila parte para um passeio, a próxima da fila caminha para ocupar o lugar vago no começo da fila se que ninguém (atualmente, claro) demonstre algum comando. Ali ao lado a Ponte das Forras é o bucolismo explícito.

 

– Santuário da Santíssima Trindade – Essa é a única igreja que conheço que literalmente tem Deus no altar. O centro do altar-mor é ocupado pela figura de um ancião com vestes de um Papa da idade média.

É contado na região que o alferes Tiradentes era devoto da Santíssima Trindade, frequentava essa capela e a simbologia do triângulo foi inspiradora da bandeira do movimento Inconfidente.

Outro ponto marcante da decoração dessa igreja são os diversos estandartes datados do século XVII onde estão pintados os doutores da Igreja e cenas bíblicas.
Na origem desse santuário está a construção de uma capela por Antonio José Fraga, um eremita da região. Ocorre que essa pessoa é cultuada como milagreiro. Essa devoção somada com a devoção a Trindade, fizeram com que no local passasse a comportar um grande salão de ex-votos (oferendas dos devotos agradecendo graças recebidas) e uma enorme infraestrutura externa para acomodar os animais de montaria usados nas frequentes romarias realizadas.

Com tudo isso, o santuário da Santíssima Trindade acaba sendo um local bastante diferenciado proporcionando uma experiência única de visitação.     

Tiradentes tem muito a ver visto. Os relatos que fizemos são boas lembranças para motivar vocês a visitando a cidade terem bons exercícios emocionais.

______________________________________________________________________________________

 

Roteiro de compras.

Ninguém precisa ser tão fanático como somos, mas é muito difícil um viajante não acabar comprando “algumas coisinhas”. Tiradentes tem uma ótima oferta de artesanato mineiro. Mas a cidade ficou muito conhecida, ganhou fama, e isso inflaciona os preços dos artigos.

Já que a grande maioria dos viajantes, melhor dizer “das” viajantes, não dispensa umas comprinhas fica a dica de um roteiro de compras ao redor de Tiradentes.

Vivemos insistindo que se deve dar tanta importância ao percurso do que ao destino, certo? Então resolvemos fazer essa

Prado e o distrito de Bichinho – Artesanato Mineiro –

Rezende Costa – Artesanato Têxtil (a pátria das lagartixas)

Coronel Xavier – Artesanato em pedra.

__________________________________________________________

 

Pousada Pequena Tiradentes

É uma pousada maravilhosa. Uma ideia excelente. É lógico que quem adora viajar e principalmente quem sabe aproveitar a viagem quer se integrar ao local visitado em todos os sentidos. Ver sua cultura, sentir o sabor da sua culinária. E se além de admirar você consegue se integrar a arquitetura, isso é esplendido. Você fica o dia inteiro curtindo arquitetura colonial depois vai dormir num quarto de um hotel convencional? É como se o sonho fosse interrompido.

Pequena Tiradentes é a reprodução de alguns quarteirões imitando a própria cidade. Você anda em vielas, pisa num calçamento de pedra, e seu quarto tem uma porta gigantesca aberta por uma chave enorme.  

Quem viaja quer sensações. As melhores sensações. Essa pousada é muito especial. Aqui você terá as ótimas sensações que merece.

 

___________________________________________________________________________________________

Restaurante Atrás da Matriz

Sugestivo, agradável, aconchegante. Tudo que não será dito desse restaurante é …”mais um”.

Atrás da Matriz, é uma casa com personalidade. Não imagine que só por você estar numa emblemática cidade histórica colonial mineira será possível adivinhar o cardápio.  Prepare-se para ficar relativamente naquela saudável dúvida de experimentar uma “surpresinha”. Os apreciadores  de bacalhau terão uma dúvida ainda maior pra resolver.

Atrás da Matriz, durante a semana só abre no horário do jantar. O que já indica um comportamento mais aprimorado. Uma concepção para você fazer uma refeição com estilo. A casa apresenta seu estilo como Culinária refinada contemporânea.

______________________________________________________________________________________________

 

Cako Machini
Cako Machini
Desde 1953 também responsável pelo mundo que vivemos. Publicitário, marqueteiro, empresário. Criativo, amante das artes. Resolvido a viver o Outono de sua Vida junto a natureza, priorizando as palavras e as viagens.

2 Comments

  1. […] seus preços são ótimos.  Lembrando as dicas dadas (circuito de compras) na matéria sobre Tiradentes. Artesanato mineiro em madeira e metal Prado e o distrito de Bichinho. Artesanato em pedra Coronel […]

  2. […] aprendeu que é gratificante dar o mesmo valor ao percurso deve aproveitar essa dica. Estando em Tiradentes ou em São João Del Rei, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *